20 de novembro de 2017

REUNIÃO E HOMENAGEM AO DIA DO DIRETOR ESCOLAR ACONTECEM NA GERED DE TAIÓ

No dia 17 de novembro de 2017, aconteceu, no Auditório da 33ª Agência de Desenvolvimento Regional, reunião com os diretores das Unidades Escolares da Gerência de Educação de Taió.

Na reunião, o Gerente de Educação Moacir de Melo abordou temas relacionados à manutenção das Unidades Escolares, assim como gestão escolar e fechamento dos trabalhos do ano letivo.  Os Supervisores deram ênfase aos trabalhos de suas Supervisões, sendo Andrea Leandro Block, responsável pela Supervisão de Articulação com os Municípios; Dulcirene S. Rocha, pela Supervisão de Gestão de Pessoas; Tarcísio Israel, pela Supervisão de Política e Planejamento Educacional; e Adriano Stolf, pela Supervisão de Gestão de Rede. Liliane Golle e Nadir Ângelo da Silva também abordaram alguns temas com os diretores. Adriani Erkmann e Vânia Fuchter Petris, do Núcleo de Tecnologias Educacionais, falaram dos projetos dos cursos de formação continuada para o ano de 2018.


Para finalizar a reunião, foi feita uma homenagem aos diretores pelo Dia do Diretor que se comemora dia 12 de novembro. O Gerente de Educação, Moacir de Melo, enfatizou a importância do Diretor no espaço escolar e que seu principal objetivo é estabelecer a unidade e integração de todas as ações do estabelecimento de ensino, de modo que se concentrem na formação e aprendizagem dos alunos.





Homenagem aos Diretores Escolares


Escrito por: Vânia Fuchter Petris - Multiplicadora NTE

1 de novembro de 2017

GERED DE TAIÓ CONCLUI CURSO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL - TURMA II


           A Gerência de Educação de Taió, por meio do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) em parceria com a Especialista em Educação Especial, Nadir Ângelo da Silva, promoveu nesta terça-feira dia 31 de outubro no auditório da ADR, o II Seminário sobre Práticas Inclusivas no Ensino Regular. O seminário faz parte da conclusão do curso: SUBSÍDIOS PEDAGÓGICOS E TECNOLÓGICOS PARA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO REGULAR.

O curso semipresencial que iniciou no dia 19 de setembro, teve dois encontros presenciais. O restante do curso foi realizado à distância, utilizando a plataforma do E-Proinfo, totalizando 60 horas de formação para professores estaduais e municipais. 

Os cursistas tiveram a oportunidade de pesquisar em seus ambientes de trabalho quais são as condições de acessibilidade aos alunos com deficiência. Também pesquisaram em quais escolas encontram a sala de AEE (Atendimento Educacional Especializado) e quais recursos estão disponíveis nestas salas. 

Ainda no seminário os cursistas puderam trocar ideias de materiais didáticos de produção própria para aplicação em sala de aula com os alunos com deficiência.  Segundo a cursista Rosana Aparecida França, “foi muito bom interagir com os demais colegas e socializar um pouco sobre nossa prática”.  Já a cursista Otília Tambosi afirmou que “o curso levou a refletir ainda mais sobre nossa prática docente e nosso olhar para uma criança com necessidades especiais”.  

Ênfase nas formações

Para o Gerente de Educação Moacir de Melo a melhora nos índices de educação passa obrigatoriamente pela capacitação dos docentes. “A qualificação dos profissionais da educação é indispensável no mundo contemporâneo, visto que a sociedade do conhecimento está em constante transformação. A educação de qualidade acontece por meio dos profissionais atualizados e comprometidos. A grande procura por cursos de formação que realmente têm a acrescentar só demonstra a preocupação de nossos docentes em estar preparados para os desafios da sala de aula.”
Segundo a Multiplicadora do NTE de Taió Vânia Fuchter Petris, novos cursos estão sendo preparados para o primeiro semestre de 2018. Eles abrangerão as áreas disciplinares como Língua Portuguesa, mas também terão temas interdisciplinares, como as mudanças curriculares, indisciplina, entre outros. Vânia salienta que os novos projetos de formação são pensados conforme a demanda dos nossos docentes. Portanto, quando vários profissionais da educação demonstram interesse por temas pedagógicos importantes que tenham necessidade de estudo, o NTE poderá promover parcerias e desenvolver o projeto de formação para contemplar esta demanda. 



Para acessar as demais fotos do Seminário sobre Práticas Inclusivas, clique no link abaixo:

Matéria: Adriani Erkmann

26 de outubro de 2017

GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO DE TAIÓ PROMOVE I SEMINÁRIO DE SOCIALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE APRENDIZAGEM

Escrito por Adriani Erkmann - Multiplicadora do NTE (Taió)


Aconteceu no dia 26 de outubro de 2017, nesta quinta-feira, o I Seminário de Socialização de Atividades de Aprendizagem na Câmara Municipal de Taió no Plenário Erna Heidrich.  O evento promovido pela Gerência de Educação de Taió, reuniu profissionais e alunos de três escolas e acompanhado pelo Supervisor de Gestão de Rede Adriano Stofl e da Integradora de Ensino, Liliane Golle. 

O evento teve como finalidade socializar os trabalhos diferenciados desenvolvidos pelas Escolas: EEB Luiz Bertoli, EEB Leopoldo Jacobsen e EEB Bruno Heidrich com as turmas do Ensino Médio Inovador, além de oferecer um momento de capacitação aos professores. Por isso, o Seminário também contou com a participação do Mestre em Educação Integral, Ricardo Inocêncio Pereira, também professor da Rede Estadual de Ensino. Ele apresentou sua tese de Mestrado, focada no Ensino Médio Integral, trazendo vários questionamentos e reflexões.

Para o Gerente de Educação Moacir de Melo, promover estes momentos traz muitos benefícios. Um dos benefícios, é a troca de experiências, que permite ampliar os horizontes e perceber novas alternativas para educação. Outro, é obter a formação continuada, aspecto tão importante no mundo moderno, em constante transformação. Ainda afirma Moacir: "A Gerência de Educação, apoiada pela Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Taió, vem enfatizando esta questão, por acreditar que a formação dos docentes implicará numa melhor qualidade de ensino aos nossos educandos."

O projeto do EMI de 2017 da EEB Luiz Bertoli foi construído a partir de roteiros de atividades, que pressupõe que cada escola desenvolva suas atividades com base em suas experiências e necessidades. Uma vez que o município de Taió comemora os seus 100 Anos de Colonização, a escola optou por este tema. Segundo a assessora de direção da escola, Patrícia Anderle Schreiber, “foi uma troca de experiências muito rica entre os profissionais da educação”. 

Já a EEB Bruno Heidrich do município de Mirim Doce, baseou se projeto na realidade do seu local que presencia um forte movimento de êxodo rural entre a população mais jovem. Dentro da projeto do “protagonismo juvenil”, os estudantes foram levados a conhecer outros pequenos municípios em que os jovens encontram alternativas de sobrevivências com práticas como a agricultura orgânica e o turismo rural, inspirando assim os seus estudantes a buscarem também por novas formas de sobrevivência sem abandonar seu município.  A diretora Marizete Brandes Izidoro salienta: “Os desafios do EMI são enfrentados mais facilmente com uma equipe com a de sua escola – unida e comprometida com os interesses da comunidade escolar”. 

A EEB Leopoldo Jacobsen diversificou os temas. Além de trabalhar também os “100 Anos de Colonização” do município de Taió, apresentou os projetos desenvolvidos na escola sobre a compostagem e os cuidados com a preservação dos recursos naturais, como a água. A Assistente Técnico-Pedagógica, Sinara Stringari, demonstrou sua satisfação quanto à realização do Seminário. “Foi muito proveitoso! Acredito que para todos que estavam lá, valeu muito. A troca de experiências entre as escolas é muito importante. Tudo o que a gente fez, ainda dá margem para aquilo que poderíamos ter feito. Todos que estavam lá, devem ter percebido isso. Nos ajudou a fortalecer ainda mais o trabalho que fazemos com dedicação, para que os próximos sejam melhores ainda!”, afirmou Sinara.

 

  

Para visualizar as demais fotos do I Seminário de Socialização, clique no link abaixo:


19 de outubro de 2017

GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO DE TAIÓ ACOMPANHA FORMAÇÃO DO PNAIC EM RIO DO CAMPO

Escrito por Adriani Erkmann - Multiplicadora do NTE (Taió)

Rio do Campo (SC) sediou uma das etapas de formação do PNAIC (Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa) nesta última quarta-feira, dia 18 de outubro nas dependências da EEB Dr Fernando Ferreira de Mello. O programa foi lançado em 2012 e consiste num compromisso formal solidário firmado entre os governos Federal,  dos Estados e Municípios para atingir a meta de alfabetizar todas as crianças, no máximo até o final do 3º ano do Ensino Fundamental.

O Gerente de Educação Moacir de Melo acompanhou a formação neste município, que teve como coordenadora local Deize Meri Stopa. Os temas da formação foram “a apropriação da escrita alfabética” e “a utilização de jogos e brincadeiras na Matemática”.

Para Moacir, é importante fortalecer a parceria entre as esferas do governo Federal, Estadual e Municipal. “O PNAIC é um importante programa.” E citando o documento orientador do PNAIC,  Moacir reafirma “ A alfabetização na idade correta permite que a vida escolar dos alunos possa ser mais inclusiva, equitativa e de qualidade. Alfabetizar as nossas crianças na idade certa promoverá oportunidades de aprendizagem durante toda a vida.”

Os professores que participaram da formação tiveram a oportunidade de socializar brincadeiras e jogos que desenvolveram e aplicaram com seus alunos em sala de aula. Desta forma, puderam partilhar e ao mesmo tempo ter outros exemplos de maneiras diferentes de ensinar conceitos Matemáticos e da escrita para os alunos das séries iniciais. 

Gerente de Educação Moacir de Melo na abertura do PNAIC em Rio do Campo.

 
Coordenadora Local Deize Meri Stopa atuando como formadora do PNAIC.

Para acessar as demais imagens, clique abaixo:

PNAIC REÚNE PROFESSORES EM SUA SEGUNDA FASE DE FORMAÇÃO NA 33ª REGIONAL


Escrito por Adriani Erkmann - Multiplicadora do NTE (Taió)

Nesta última quarta-feira dia 18 de outubro, a Coordenadora Regional do PNAIC – Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa, Nadir Ângelo da Silva, representando a Gerência de Educação de Taió, acompanhou a realização da segunda etapa de formação do programa em 3 diferentes polos. O curso possui carga horária de 100 horas e abrange profissionais da educação da Rede Municipal e Estadual de Ensino da 33ª Regional de Taió.

O PNAIC é um compromisso formal e solidário assumido pelos governos Federal, dos Estados e dos Municípios para atingir a meta de alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3ºano do Ensino Fundamental. Lançado em 2012, este ano o foco do programa enfatiza a leitura, a escrita e o letramento matemático.

Na EEF Pref Erna Heidrich, professores das séries iniciais se reuniram com sua formadora Oládia Karla da Silva para discutir os principais aspectos que dificultam o processo de alfabetização das crianças nesta faixa etária.

Já na EEB Leopoldo Jacobsen, os professores das escolas estaduais de Taió, Salete e  Pouso Redondo se reuniram com a Coordenadora Local Neide Dalmolin. Os temas abordados  foram a “apropriação da escrita alfabética” e a “utilização de jogos e brincadeiras na Matemática”. No período vespertino, além da coordenadora Neide apresentar exemplos de jogos que ela própria utilizou com seus alunos em sala de aula, as cursistas puderam socializar suas produções de jogos e brincadeiras para o desenvolvimento e apropriação de conceitos matemáticos.

À noite, a Coordenadora Nadir assistiu juntamente com professoras dos Centros de Educação Infantil do município de Taió a palestra ministrada pela Pedagoga Nagila Cristina Hinckel. O tema da palestra foi: “Acolhimento na Educação Infantil.”

“A alfabetização é um processo. Ela deve acontecer por etapas, respeitando as singularidades de cada criança. Mas é primordial começar cedo este processo, estimulando as habilidades e trabalhando pelo desenvolvimento pleno da criança desde a mais tenra idade. Para isso, é necessário que professores estejam preparados para atuar com as crianças já nos centros de educação infantil”, afirma a Coordenadora Regional, Nadir Ângelo da Silva. 


Formação do PNAIC na EEB Leopoldo Jacobsen

Formação do PNAIC na EEF Pref Erna Heidrich

Para acessar as demais fotos do curso, acesse o link abaixo:

11 de outubro de 2017

ENCERRA 1ª EDIÇÃO DO CURSO SOBRE EDUCAÇÃO ESPECIAL PELA GERED DE TAIÓ

Escrito por Adriani Erkmann - Multiplicadora do NTE (Taió)


Nesta última terça-feira, dia 10 de outubro, aconteceu no auditório da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Taió o encerramento da primeira edição do curso: SUBSÍDIOS PEDAGÓGICOS E TECNOLÓGICOS PARA EDUCAÇÃO INCLUSIVA NO ENSINO REGULAR. O curso foi oferecido pela Gerência de Educação através do Núcleo de Tecnologias Educacionais em parceria com a especialista em Educação Especial, Nadir Ângelo da Silva.

Com carga horária de 60 horas, o curso contou com dois encontros presenciais e o restante à distância. Na noite desta terça-feira, o grupo realizou o Seminário de Apresentação. 

Os cursistas tiveram a oportunidade de socializar planos e estratégias de aula com enfoque na Educação Especial, estudos sobre a acessibilidade no seu ambiente de trabalho, brinquedos, jogos e materiais diferenciados, assim como os estudos das salas de Atendimento Educacional Especializado (AEE) e Tecnologias Assistivas.

Segundo a cursista Glauciane Alves do Nascimento, “o curso proporcionou um aprendizado que será levado para a vida toda, não só como professora, mas também como ser humano.”  Para a cursista Deize Meri Stopa, “o curso esclareceu muitas dúvidas e proporcionou outro olhar sobre nossos alunos e sobre as tecnologias assistivas”. 

“A formação continuada dos profissionais da educação é o foco da Gerência de Educação, apoiada pela Agência de Desenvolvimento Regional” afirma o Gerente de Educação, Moacir de Melo. “Investir na formação dos professores possibilita processos educacionais mais inclusivos e melhora a qualidade da educação de nossos jovens e nossas crianças”, ressalta Moacir de Melo. 
 "SOMOS DIFERENTES MAS NÃO QUEREMOS SER TRANSFORMADOS EM DESIGUAIS. AS NOSSAS VIDAS SÓ PRECISAM SER ACRESCIDAS DE RECURSOS ESPECIAIS."

Vozes da Consciência - BA



Para ver as demais imagens do curso, acesso o link abaixo:
https://drive.google.com/open?id=0ByITi9ZCP16qbVhRaTNTbzFjM3M

26 de setembro de 2017

497 ESCOLAS ESTADUAIS TERÃO VELOCIDADE DE INTERNET MELHORADA

Informática iee. 26Dando continuidade ao trabalho realizado ao longo de 2017 de atualização e melhoria da velocidade de internet nas escolas, a Secretaria de Estado da Educação (SED) terminou o mapeamento de mais uma série de unidades que receberão um aumento de até 500% na velocidade de conexão com a rede.
Por meio da Diretoria de Tecnologia e Inovação (DITI), que esteve em contato com Gerências Regionais de Educação, Núcleos de Tecnologia e escolas para identificar as unidades que receberiam a melhoria, a SED definiu mais 497 escolas com considerável número de alunos e que tinham necessidade deste aumento de qualidade na conexão. Este processo de atualização da rede já começou e, até o fim do ano, deve estar finalizado em todas as unidades mapeadas. 
De acordo com o diretor da DITI, Francisco Reis Von Hertwig, foi definido que as escolas contempladas seriam divididas entre as que têm até 500 alunos e as que têm mais de 500 alunos. “As unidades com até 500 estudantes receberão uma melhoria de 100% na velocidade de conexão com a internet, já aquelas que possuem um maior numero de alunos e, consequentemente, tem uma demanda maior de qualidade de rede receberão um acréscimo de 500% na velocidade”, destacou.
A internet nas escolas é utilizada para incrementar o trabalho pedagógico e de interação com os alunos, que podem assim acessar conteúdos dentro e fora do ambiente escolar. Além disso, é utilizada administrativamente para serviços internos de cada unidade e também para contatos com redes estaduais e nacionais de coleta e registro de dados.
Matéria exibida pelo Site da Secretaria de Educação de Santa Catarina.

SITE PROFESSOR ONLINE É ADAPTADO PARA CEGOS E DEFICIENTES VISUAIS

A iniciativa da Secretaria de Estado da Educação facilitará o acesso de 246 profissionais da rede
20 09 Site Professor On line adaptado para cegos e deficientes visuaisNa busca de tornar o site mais informativo entre professores, pais e estudantes, o Professor Online, a equipe da Secretaria de Estado da Educação (SED), por meio da diretoria de Tecnologia e Inovação, adaptou a plataforma aos professores cegos e deficientes visuais.
Entre a última terça e quinta-feira, 19 e 21, o primeiro professor a ser apresentado ao sistema é Luiz Amarildo Sagaz, da EEB São Francisco, de Chapecó, um dos 246 da rede estadual de ensino que possui a necessidade e que será beneficiado. As equipes do suporte técnico Professor On-line, do Núcleo de Tecnologias e da Gerência Regional de Educação estão acompanhando o processo.
A lacuna de maior dificuldade para o professor Sagaz era no momento da identificação dos alunos e o registro de presença, o que já foi ajustado devido o sistema estar todo por comando de voz e totalmente didático. “Agora é o momento de adaptação. Já percebi pontos positivos, como o acesso e com certeza irá facilitar o meu trabalho, além de eu conseguir ser mais independente a partir de agora”, conta o professor.
De acordo com o diretor de Tecnologia e Inovação da SED, Francisco Reis Von Hertwig a proposta é tornar o sistema facilitador e prático a acessibilidade. “O primeiro contato com o professor foi mostrar as funcionalidades do sistema e integrar as adaptações para ele se familiarizar e também sugerir mudanças”, enfatiza.
A plataforma é um meio onde docentes registram notas de provas e a frequência de alunos do Estado. Todo o processo para garantir a acessibilidade da página contou com o auxílio do estagiário do Ciasc - Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina -, Gustavo Farias de Medeiros, que  testou as modificações e adaptações necessárias do sistema, facilitando os campos de informações.  
Além da novidade, a expectativa até final do ano é adaptar o site da SED e do Estudante Online acessível para os alunos e público em geral portadores da necessidade. “É mais uma oportunidade que disponibiliza informações e também reflete na qualidade da Educação de Santa Catarina, por isso trabalharemos até final do ano na adaptação dos outros meios informativos”, ressalta Hertwig.
Matéria publicada no Site da Secretaria da Educação do Estado de Santa Catarina.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...